Exigência contínua

O medicamento Boiron, do passado aos dias de hoje

Para os medicamentos “mais puros e perfeitos quanto possível”

Em França, os laboratórios homeopáticos foram criados para responderem a uma necessidade dos médicos: disponibilizar medicamentos de qualidades para os seus doentes.

Desde 1932, Jean e Henri Boiron, farmacêuticos, comprometeram-se, em conjunto, com o fabrico de medicamentos homeopáticos. Determinados a melhorar as condições de produção, criaram procedimentos rigorosos e científicos, a partir de uma matéria-prima controlada e de qualidade constante.

Pelo impulso dos irmãos Boiron, a homeopatia foi integrada na Farmacopeia Francesa em 1965. E posteriormente introduzida na Farmacopeia Americana (1982) e Europeia (1995).

Uma exigência intacta

Ao longo dos tempos, esta exigência de qualidade perdura. Sob a coordenação de Christian Boiron, os laboratórios Boiron permanecem fiéis ao espírito de Jean e Henri Boiron. Hoje em dia, mais de 120 farmacêuticos garantem a qualidade dos nossos medicamentos procurando aliar sistematicamente o respeito pela tradição e inovação.

Os farmacêuticos cultivam um dever de excelência para um medicamento homeopático cada vez mais integrado na medicina, cada vez mais útil para os médicos, farmacêuticos e para a saúde dos seus doentes.