Visão Boiron

Boiron: uma outra forma de viver a empresa

'' Desenvolver o papel da homeopatia na medicina, colocando à disposição dos profissionais e doentes, medicamentos seguros e eficazes.’’

Este é o projeto da empresa Boiron. E a convicção de Christian Boiron é que o sucesso deste projeto seja alavancado através dos seus colaboradores. Fonte de motivação e criatividade, o seu desenvolvimento é a chave para o desempenho e crescimento da empresa.

O desenvolvimento a serviço do desempenho

Christian Boiron esteve sempre convicto de que se poderia gerir e viver a empresa de outra forma. Assim, a partir de 1974, cultivou na empresa Boiron a sua conceção única das relações humanas. E ainda hoje, esta abordagem original anima toda a empresa no seu quotidiano.

A filosofia social Boiron é construída sobre a convicção de que as componentes sociais e económicas são as dimensões principais da empresa que não se podem separar ou hierarquizar:

A social, porque para o progresso, a Boiron necessita da contribuição de cada colaborador das suas habilidades, competências e motivação; Assim sendo surgiram uma série de acordos favorecendo a realização dos funcionários.

A Económica, porque qualquer inovação social deve encontrar uma fonte de financiamento sustentável. Desde 1979, um acordo '' fundador '' associa o pessoal ao desempenho económico da Boiron a partir de um indicador: rácio do desempenho.

30 Acordos de empresa para sustentarem a abordagem Boiron

Esta filosofia é expressa concretamente através de trinta acordos assinados, adaptados e renovados desde os anos 70.

Envolver financeiramente os colaboradores no crescimento da empresa.

Assegurar uma gestão individual do tempo de trabalho.

Sensibilizar cada um à sua própria criatividade pessoal.

Oferecer uma variedade de formação para o desenvolvimento pessoal.

Promover a integração das pessoas com deficiência.

Fornecer ferramentas de poupança para funcionários, etc.

Ao longo do tempo, estes acordos criaram novos modelos de relações entre a empresa e os seus colaboradores, incentivando a escuta activa, a comunicação e o desempenho coletivo.